Rural Sustentável

O Projeto Rural Sustentável vai qualificar e capacitar o produtor rural, com cursos de Formação Profissional Rural e Assistência Técnica e Gerencial, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, em tecnologias de baixa emissão de carbono em dois biomas brasileiros: Mata Atlântica e Amazônia.

O SENAR é um dos parceiros do projeto, que iniciou com uma cooperação do Governo do Reino Unido (Department of environment Food and Rural Affairs – DEFRA) ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, e que tem como responsável pela execução o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O acordo de cooperação geral prevê recursos na ordem de US$ 40 milhões para adequação tecnológica, pautada na gestão das propriedades, com a habilitação de Unidades Demonstrativas (UD) e Unidades Multiplicadoras (UM), que receberão incentivo financeiro, pela adoção de pelo menos uma das tecnologias priorizadas no Rural Sustentável.

O Projeto Rural Sustentável está fundamentado na adoção, adequação e utilização de tecnologias agrícolas, como Integração-Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), Recuperação de Áreas Degradadas, Plantio Florestal Comercial e Manejo Sustentável de Florestas Nativas.

Com a iniciativa, o SENAR quer contribuir com as metas brasileiras de redução dos gases de efeito estufa e, principalmente, melhorar o desempenho técnico e econômico das propriedades, adequando as práticas de uso do solo e manejo florestal. Para isso utiliza uma metodologia própria de Assistência Técnica e Gerencial – AteG e Formação Profissional Rural – FPR, disponível em uma ampla rede de Sindicatos e Federações.

 

PÚBLICO-ALVO

Perfis dos produtores

Unidades do projeto:

OBJETIVOS

Geral:

Melhorar as práticas de uso da terra e manejo florestal utilizadas por pequenos e médios produtores rurais nos biomas Amazônia e Mata Atlântica para promover o desenvolvimento rural sustentável, reduzir a pobreza, incentivar a conservação da biodiversidade e promover a proteção do clima, por meio de metodologia de Assistência Técnica e Gerencial – ATeG do SENAR, possibilitando acesso ao modelo de assistência técnica associado à consultoria gerencial, em consonância com as ações de formação profissional rural, com ênfase na utilização de tecnologias sustentáveis.

Específicos:

- Selecionar produtores com perfil adequado às exigências do projeto;
- Qualificação de Técnicos de Campo e Supervisores que atuarão efetivamente no projeto;
- Implantação de Unidades Demonstrativas: 50 UDs/ Estado (Total Geral Nacional: 350);
- Implantação de Unidades Multiplicadoras: 480 UMs/ Estado (Total Geral Nacional: 3.360);
- Capacitação dos produtores rurais através das ações de Formação Profissional Rural do SENAR;
- Restaurar cerca de 40.000 ha de terras degradadas em 7 estados estratégicos na Amazônia; (PA, RO e MT) e na Mata Atlântica (MG, BA, PR e RS);
- Reduzir cerca de 10 milhões de toneladas de CO2 ao longo de 20 anos;
- Evitar a emissão de cerca de 7 milhões de toneladas de CO2 provenientes do desmatamento no mesmo período;
- Melhorar a renda e reduzir a pobreza em áreas rurais;
- Visitas técnicas de campo, com duração de 4h mensais;
- Acompanhamento dos resultados obtidos tanto pela coordenação regional como pela nacional, com comunicação permanente ao BID e ao MAPA.

TECNOLOGIAS APOIADAS