Senar-MT e Aprosoja-MT capacitam mais 40 pessoas na Academia de Liderança

09/05/2018

Começou nesta terça-feira (08) e vai até a próxima quinta (10), o primeiro módulo da Academia de Liderança 2018, um projeto realizado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). O curso é modular e a turma é composta por 40 participantes. Para o segundo vice-presidente - Norte - da Aprosoja, Gilberto Eberhardt, o principal objetivo da Academia de Liderança é profissionalizar cada vez mais aqueles que atuam junto aos produtores rurais.

Eberhardt acrescenta ainda que o resultado de ter profissionais cada vez mais capacitados e qualificados é visto no campo. "Nós produtores rurais temos muitos desafios e barreiras políticas para enfrentar. Por isso, temos que estar sempre muito bem informados. Afinal é isso que nos torna cada vez mais fortes para enfrentar as dificuldades do nosso dia a dia", enfatiza.

A gerente administrativa da Aprosoja, Tuka Martins acrescenta que a Academia de Liderança é uma ferramenta para que os participantes consigam absorver as demandas, organizá-las, buscar os resultados e devolver os resultados para os produtores rurais. "Estamos aqui para atender todas as solicitações do homem do campo e levar para os associados o resultado do que a entidade tem feito para ajudar a solucionar as principais dificuldades enfrentadas diariamente".

Ela explica ainda que uma mudança significativa para este ano é a duração da Academia de Liderança que será de apenas um ano. "Anteriormente, eram dois anos e eram realizados dois módulos por ano. A ideia é que tenhamos um número maior de formados ao final desta gestão. Sendo que em um ano, teremos três módulos com intervalos menores, o que será positivo do ponto de vista da aprendizagem".

O superintendente do Senar-MT, Otávio Celidonio conta que a Academia de Lideranças é um dos programas ofertados pelo Senar-MT. Celidonio diz ainda que o programa além do conteúdo teórico que inclui assuntos como Sistema Sindical, liderança situacional no agronegócio e vários outros, os integrantes ainda têm a oportunidade de conhecer como funcionam órgãos como o Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas, Poder Judiciário e Executivo Estadual.

Há ainda uma viagem à Brasília para conhecerem como funcionam vários órgãos e entidades que dão suporte ao setor agropecuário de Mato Grosso, como o Sistema Confederação Nacional da Agricultura (CNA), o Senar-Brasil, a Aprosoja Brasil e o Instituto Pensar Agro (IPA). Os participantes ainda recebem informações sobre a estrutura e a atuação do Ministério da Agricultura, do Congresso Nacional e da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA).

Assessoria de Comunicação Sistema Famato