SENAR estuda cooperação para formação profissional e promoção social no Suriname

25/09/2015
Celso Botelho, Marlon Hoesein, Iara Grillo e Ademar dos Anjos durante o encontro Celso Botelho, Marlon Hoesein, Iara Grillo e Ademar dos Anjos durante o encontro

Localizado no norte da América do Sul, o Suriname tem a sua agricultura baseada na produção de arroz e banana. Com a intenção de estabelecer projetos de cooperação internacional com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), o embaixador do Suriname, Marlon Mohamed Hoesein, visitou a sede da entidade, em Brasília, nesta quinta-feira (24/9). O contato começou anteriormente em um encontro na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Sistema FAEPA/ SENAR-PA).

A ideia é que o SENAR possa contribuir com o Ministério da Agricultura do Suriname através de programas de formação profissional rural e promoção social. Acordos semelhantes já vêm sendo feitos pela entidade desde 2009 dentro do programa brasileiro de cooperação internacional, mediante ações de transferência de tecnologia e qualificação profissional de técnicos no setor agropecuário. A intenção é contribuir com a melhoria da produção e ampliação da renda proveniente da comercialização de alimentos. Atualmente, o Suriname importa 80% dos alimentos consumidos no país.

O embaixador foi recebido pelos técnicos do SENAR Iara Grillo, Celso Botelho e Ademar Fernandes dos Anjos. Marlon Hoesein destacou que a entidade e o Suriname têm várias áreas em que podem ser desenvolvidas atividades conjuntas de benefício mútuo. Ele convidou um grupo do SENAR para uma missão ao país, com reuniões e visitas de orientação técnica.

“Existe um interesse recíproco no fortalecimento e ampliação dessas ações para países em desenvolvimento. Procuramos mostrar de que forma o SENAR trabalha para ajuda-los a criar algo parecido com o que fazemos no Brasil. Queremos definir de que forma será feita essa cooperação até o final deste ano, para que possamos começar a capacitação dos técnicos de lá em 2017”, destaca Iara Grillo.

Assessoria de Comunicação do SENAR
(61) 2109-4141
www.senar.org.br
www.facebook.com.br/SENARBrasil
www.twitter.com/SENARBrasil