Produtores maranhenses são assistidos pelo SENAR

16/08/2017

Curso concluído e produtores satisfeitos. Foi assim em Paço do Lumiar, na região metropolitana de São Luís, no Maranhão, quando técnicos e instrutores do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/MA) encerraram essa semana o curso de Agricultura Orgânica, ministrado a 15 produtores rurais da cadeia de hortifruticultura atendidos pelo programa Mais Produção, do Governo do Estado (Sagrima) e do SENAR por meio da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG).

Os produtores atendidos pelo programa Mais Produção desenvolvem atividades nas cadeias produtivas de carne e couro, arroz, piscicultura, leite e hortifruticultura. Como parte do processo da metodologia de assistência técnica e gerencial continuada (ATeG), os produtores recebem também capacitações de formação profissional frequentes. Nestes cursos, além de receberem orientações técnicas e teóricas sobre suas atividades, eles também desenvolvem práticas em suas propriedades sob a coordenação do instrutor e do técnico de campo.

De acordo com o instrutor do curso, João Carvalho, essa capacitação de 24 horas permite aos participantes receberem orientações acerca  de como produzir de forma mais saudável, sem agroquímicos e com a utilização de adubo natural de maneira correta, como o uso do esterco de galinha.

“Os produtores dessa comunidade tomaram a consciência de que é necessário trabalhar com segurança alimentar conforme interesse do consumidor”, disse o professor, elogiando a Assistência Técnica e Gerencial prestada pelo SENAR, a 1.550 propriedades rurais do Maranhão.

Na região metropolitana, o SENAR atende 150 propriedades das quais 125 desenvolvem atividades de hortifruticultura e 25 de piscicultura. Estas propriedades abastecem as feiras locais e redes de supermercado da Ilha, além do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e PNAE.

Além de patrocinar a assistência técnica e gerencial do SENAR, o Governo do Estado está também subsidiando esses produtores com kits de irrigação, sementes e biofertilizantes.

Ana Lúcia da Silva é uma das produtoras beneficiada pelo programa. Ela diz que a ATeG só trouxe benefícios e que mesmo antes do programa chegar em sua região, já havia participado de alguns cursos ofertados pelo SENAR.

“Eu só tenho a agradecer, porque não temos como pagar um técnico para nos acompanhar e o SENAR chegou aqui, e de graça, para nos capacitar e fortalecer o nosso trabalho”, ressaltou a produtora que trabalha com hortaliças  há mais de quinze anos.

De acordo com o supervisor técnico do SENAR, Rozalino Aguiar, a Assistência Técnica e Gerencial prestada pelo SENAR aos produtores do Programa Mais Produção deve-se a ação do governo do estado do Maranhão que buscou na expertise do SENAR, não somente na área da qualificação, mas também no acompanhamento técnico diferenciado por meio de gerenciamento nas diversas cadeias produtivas trabalhadas, a oportunidade de melhor apoiar os nossos produtores para poder obter produtos saudáveis para a população e em condições de atender os requisitos do mercado local.

“É um trabalho que envolve o acompanhamento permanente. É um investimento que o produtor necessita fazer para que a sua propriedade ganhe em qualidade e a sua produção cresça  melhorando assim, a sua renda”,  disse o técnico do SENAR.

Horticultura

Na cadeia de Hortifruticultura as  propriedades atendidas nos quatro municípios que compõem a Grande Ilha já colhem os resultados da ATeG, pois em aproximadamente dez meses de acompanhamento contínuo, várias medidas de impacto foram realizadas nessas propriedades, em que produtores aprimoraram seus conhecimentos e técnicas de produção, bem como aprenderam a controlar os custos de sua atividade produtiva.

Dentre essas medidas podemos citar: análise de solos, dimensionamento de áreas produtivas, planejamento de plantio e colheita (calendários de tratos culturais), utilização de insumos adequados às culturas, controle preventivo de pragas e doenças, anotações e planejamento dos custos de produção entre outras.

Associada a ATeG, as capacitações promovem o desenvolvimento de competências e habilidades no público atendido, que só tem a ganhar com as ações promovidas graças ao Programa Mais Produção realizado dentro da parceria Sagrima/SENAR.

Assessoria de Comunicação do Sistema FAEMA/SENAR-MA
senar-ma.org.br