Curso Técnico em Agronegócio forma segunda turma em Goiás

09/05/2018

“Para nós, do Sistema Faeg Senar, essa formatura é um sonho realizado. Isso porque acreditamos que a educação é a saída para os problemas existentes em nosso país”, enfatizou o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e do Conselho Administrativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás), José Mário Schreiner. Ele foi paraninfo da turma ‘Agro Forte, que colou grau no curso Técnico em Agronegócio nesta terça-feira (8), durante solenidade no auditório da Faeg. Foram formados 50 alunos, dos polos de Anápolis, Cristalina, Itumbiara, Niquelândia e Rio Verde.

Durante a cerimônia, José Mário destacou que o curso Técnico em Agronegócio é um avanço no processo de profissionalização, formação e qualificação do homem do campo. “Queremos avançar cada vez mais e estamos no caminho certo. Nosso intuito é trabalhar para ter cada vez mais uma mão de obra qualificada no campo. É necessário, portanto, investir diariamente em capacitação, para termos profissionais que atuem da melhor forma sempre”, ressaltou. WhatsApp Image 2018 05 08 at 16.35.15

O presidente da Agencia Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), José Manoel Caixeta, parabenizou os formandos pela colação e destacou o trabalho do Senar Goiás na educação. “Formar profissionais para atuarem em um setor forte é fundamental. O Senar Goiás capacita pessoas para atuarem em diversas áreas do agronegócio goiano”, pontuou.

Era como se uma venda cobrisse os olhos da senhora Maria de Lourdes de Almeida. O novo olhar ela passou a ter por meio da educação, que fez com que enxergasse a possibilidade de buscar novos horizontes em um curso técnico. Doutora em Direito e muita experiência na área jurídica, Maria partiu para mais um desafio em sua vida, o agronegócio.  Com uma pequena propriedade de 10 hectares, no município de Padre Bernardo (GO), mas com muita vontade de crescer, ela buscou no curso Técnico em Agronegócio do Senar Goiás ampliar seus conhecimentos em uma área totalmente desafiadora para ela. “Queria diversificar minha criação de galinhas, avos caipiras e pomar. Mas para isso precisava entrar em uma área desconhecida para mim”, comentou.

Com toda certeza, Maria de Lourdes é um exemplo de superação. Ela simplesmente acredita que é possível, em qualquer momento da vida, investir também nos sonhos. E foi exatamente aos 59 anos que conquistou mais este certificado, o de Técnico em Agronegócio, o que a faz continuar ainda mais experiente nesta missão. “Nunca é tarde para investir, trabalhar e correr atrás dos nossos sonhos”, expressou.

Técnico em Agronegócio

O curso Técnico em Agronegócio é desenvolvido por meio do Programa Rede e-Tec Brasil no Senar, com carga horária total de 1.230 horas, distribuídas em dois anos (quatro semestres), no formato semi-presencial (80% da carga horária a distância e 20% presencial). O intuito do curso é promover de maneira democrática o acesso à Educação Profissional e Tecnológica (EPT), beneficiando-se das possibilidades de alcance e estratégias metodológicas da Educação a Distância (EaD). Seu objetivo principal é formar profissionais habilitados na aplicação dos procedimentos de gestão e de comercialização do agronegócio, visando os diferentes segmentos e cadeias produtivas da agropecuária brasileira.

Desta forma, é possível elevar o nível de escolaridade dos participantes e melhor prepará-los para atender as demandas do mercado de trabalho rural. O curso é destinado especialmente a produtores, trabalhadores rurais e seus familiares ou qualquer pessoa ligada de alguma forma à área rural ou que queira se qualificar na área, com ensino médio completo. Em Goiás são 10 polos de apoio presencial através dos Sindicatos Rurais em diferentes regiões do Estado - Anápolis, Alexânia, Britânia, Cristalina, Goiânia, Itumbiara, Niquelândia, Piranhas, Rio Verde e Uruaçu.

Assessoria de Comunicação do Sistema Faeg Senar